2007-08-14

PAI...

Não sei nem por onde começar, a minha única certeza é que vai ser difícil fazer esse desabafo que não chegará até vc, mas que ficou dentro de mim por todos esses anos e talvez tenha chegado a hora de se libertar.
Eu lamento profundamente que seja assim, mas eu nunca consegui compreender a sua maneira de amar. Sei do seu caráter exemplar, sei da sua honestidade, sei da sua preocupação em me dar sempre o melhor, sei de muitas qualidades suas...no entanto, inúmeras vezes desejei trocar a boneca cara pelo beijo de boa noite, trocar todos os bens materiais que tínhamos pela sua simples presença, trocar qualquer coisa que eu tivesse por algo que pudesse preencher o meu vazio de “pai”.
Eu lamento profundamente a escassez de abraços entre nós, lamento nunca ter sentado no seu colo para ouvir histórias, lamento por todas as agruras que vc passou e que te tornou essa pessoa sem doçura, mas lamento especialmente, por esse muro intransponível que existe na nossa relação quando se trata de demonstrações de afeto.
Pai, vc nem imagina o quanto me dói admitir que os meus heróis foram sempre os pais das minhas amigas, e que tantas vezes eu já desejei que você fosse uma pessoa diferente, ou que ao menos os seus valores não fossem tão exacerbadamente inversos aos meus.
Mas hoje quando eu vi você dormindo, eu fiquei observando os traços enrugados do seu rosto, o embranquecido dos seus poucos cabelos, e senti uma tristeza infinita de pensar que já não tens a mesma vitalidade e que talvez a vida não se estenda muito pra vc.
Percebi que já não anseio mais por mudanças, até pq não acredito isso ser possível ainda...E descobri que apesar de todas ás mágoas, ofensas desnecessárias, coisas mal resolvidas e doloridas pintadas na tela da nossa história, foi você que Deus escolheu para me dar a vida, e essa com certeza foi uma escolha que teve alguma razão de ser.
Quer saber pai, a vida não te fez lapidado e eu demorei muito pra digerir e aceitar isso, mas enfim consegui compreender que a falta de lapidações não exclui o seu valor. Vc é meu diamante bruto e eu morro de medo de te ver partir dessa vida sem saber que eu te amo muito, para sempre e do jeito que for.