2007-09-06

Ela e Ele

Ela morre de medo de espíritos e mau-olhado e ele acha tudo isso bobagem; ela prefere suco de frutas, ele cerveja; ela adora roupas coloridas, ele prefere as neutras; ela tem afinidade com as letras, ele com os números; ela é de 81, ele de 75; ela só sabe contar uma história com os mínimos detalhes, ele resume tudo; ela é um fracasso na cozinha, ele prepara jantares sensacionais pra ela; ela morre de preguiça, ele é ligado no 220V; ela só dorme de bruços, ele de barriga pra cima; ela não entende nada de carros; ele sabe tudo sobre eles; ela adora se emperiquitar, ele diz que ela fica linda desarrumada; ela precisa de um tempo sozinha depois de uma discussão, ele tem pressa em fazer as pazes logo; ele come cebola sem problemas, ela não pode nem ouvir falar; ela prefere deixar uma frestinha de luz no quarto, ele gosta do escuro; ela tem pavor de ratos, ele de baratas; ela é de libra, ele de gêmeos; ela está sempre achando que deveria perder 2 kilinhos, ele diz q ela está ótima assim, ela não resiste a um doce, ele prefere salgado; ela fica hs no sol, ele a observa de longe na sombra; ela tem insônia, ele deita e capota, ela quer que o 1° filho seja menina, para ele o que vier está bom; ela quer praticar caminhadas, ele corrida; ela não vive sem computador, ele sem TV; ela chora em comédias românticas, ele ri dela; ela é sentimental e emotiva, ele prático e objetivo...Mas o beijo deles tem o encaixe perfeito, e formam uma dupla animada quando ele toca violão e ela canta suas canções preferidas, e eles conservam as mesmas convicções religiosa e política, e se apóiam mutuamente qdo a barra pesa. E mesmo que ás vezes ela se irrite com algumas coisas em que gostaria que ele fosse diferente, ainda assim ela o ama absurdamente com todas as diferenças e semelhanças que os acompanham e completam.